sábado, 1 de outubro de 2022

Ilustração
Francesc Badia
Sábado XXVI do Tempo Comum
Evangelho
Lc 10,17-24
Ele exultou no Espírito Santo e disse: «Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste essas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos».
Comentário sobre o Evangelho
Hoje, perguntamo-nos como é possível que haja pessoas muito inteligentes que não encontram Deus ou que até negam e “renegam” a sua existência. Mas…, que significa ser “muito inteligente”? Sem um bom coração, sem simplicidade, sem humildade, será que se pode ser “muito inteligente”? - O ser humano não é um computador: além de poder “somar e diminuir”, tem liberdade e coração. E… não há pior cego do que aquele que não quer ver!

Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Eu aceito