domingo, 25 de setembro de 2022

Ilustração
Lluís Raventós
Domingo XXVI (C) do Tempo Comum
Evangelho
Lc 16,19-31
Havia um homem rico, que (...) dava festas esplêndidas todos os dias. Um pobre, chamado Lázaro, cheio de feridas, ficava sentado no chão junto à porta do rico. Queria matar a fome com as sobras que caíam da mesa do rico».
Comentário sobre o Evangelho
Hoje escutamos uma parábola de Jesus. É uma boa advertência! Andamos distraídos com muitas coisas que nos impedem de olhar ao coração de nossos irmãos. Muita festa e pouca caridade! Somos todos irmãos, somos todos filhos de Deus e um bom cristão deve aprender a compartilhar. —Não é rum ir à festa, mas evita que seus dias sejam uma “festa”. Esse caminho não leva a nenhum lugar: o que se planta nesta vida é o que se leva à outra Vida.

Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Eu aceito