quarta-feira, 17 de agosto de 2022

Ilustração
Lluís Raventós
Quarta-feira da 20ª semana do Tempo Comum
Evangelho
Mt 20,1-16
«Pois o Reino dos Céus é como o proprietário que saiu de madrugada para contratar trabalhadores para a sua vinha. Combinou com os trabalhadores a diária e os mandou para a vinha. Em plena manhã, saiu de novo, viu outros que estavam na praça, desocupados, e lhes disse: ‘Ide também vós para a minha vinha. Eu pagarei o que for justo’...».
Comentário sobre o Evangelho
Hoje Jesus nos fala do Deus misericordioso que espera a todos os homens, seja a hora que for. Ele nos quer com ele a vida inteira. Mesmo que cheguemos mais tarde, não importa: também se abrem as portas do céu. —Os estranhos somos nós quando nos entra a inveja porque que se converteram a última hora merece igualmente a felicidade eterna.

Nosso site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e recomendamos aceitar seu uso para aproveitar ao máximo a navegação

Eu aceito